Marco Bíblico Teológico

Lamad é uma palavra hebraica no Velho Testamento traduzida como “para ensinar”; e “para aprender”. O hebreu usa a mesma raiz para ambas as palavras. Lamad significa aprender e a forma intensiva limmed é ensinar.


Em hebraico, o verbo que se caracteriza para mestre pelo seu ensino é Lamad. A idéia é que quem aprende é capaz de ensinar. E que ensinar é dialogar.

“…o Senhor me disse: Reúna este povo, e os farei ouvir as minhas palavras, a fim de que aprenda a temer-me todos os dias que na terra viver e as ensinará a seus filhos.” (Dt. 4:10)

“Ajuntai o povo, os homens, as mulheres, os meninos e os estrangeiro que está dentro da vossa cidade, para que ouçam e aprendam, e temam ao Senhor, vosso Deus e cuidem de cumprir

todas as palavras desta lei.l; para que seu filhos que não souberem ouçam e aprendam a temer o Senhor, vosso Deus, todos os dias que viverdes sobre a terra a qual ides, passando o Jordão, para


Lamad reúne 5 palavras chaves: Reunir, Ouvir, Aprender, Temer e Ensinar. Lamad também significa mostrar, dirigir, associar, dar conhecimento, habituar-se.

O rei Josafá, “no terceiro ano do seu reinado, enviou ele os seus príncipes… para ensinarem nas cidades de Judá; e, com eles, os levitas…, e com estes levitas, os sacerdotes….Ensinaram em Judá, tendo consigo o Livro da Lei do Senhor; percorriam todas as cidades de Judá e ensinavam ao povo. Veio terror do Senhor sobre todos os reinos das terras que estavam ao redor de Judá, de

 

Jesus, em seu ministério “percorria toda a Galiléia, todas as cidades e povoados ensinando nas O que motivou o ministério de Jesus foi a sua compaixão. Ele viu as multidões, aflitas, exaustas e sem direção e passou-lhes a ensinar. (Mc 6:34).


Nosso marco bíblico-teológico baseia-se em Lamad (ensino aprendizagem) a respeito do reino, igreja e serviço no contexto de igreja local, agência do reino de Deus aqui na terra, onde se reúne o povo que é sacerdócio real, nação santa e propriedade exclusiva de Deus. possuir.” (Dt 31:12-13). maneira que não fizeram guerra contra Josafá.” II Cr 17:7-10 sinagogas”. (Mt 4:23; 9:35)


A MEFAM baseará seu ministério no contexto de ensino-aprendizagem que leve o povo a compreender sua identidade com o Reino de Deus, a relação do Reino com a Igreja e desempenho do seu serviço.

O ensino bíblico, cristão, religioso e teológico deve estar baseada na vida e contexto de uma igreja local e deve enfatizar o desenvolvimento espiritual integral do crente, estabelecendo um balanço entre o desenvolvimento do caráter, o conhecimento acadêmico e as destrezas ministeriais. O ensino bíblico deve ser considerado fundamentalmente como um processo de preservar a sã doutrina a homens fiéis. A Educação teológica deve ser vista como uma necessidade para todos sem exceção, homens e mulheres, sem importar a etapa da vida em que se encontra. Deve começar com a aprendizagem e a compreensão dos primeiros princípios da fé.


Este novo modelo de capacitação e treinamento é reconhecido em nível mundial, e tem como valor o desenvolvimento de liderança no contexto da igreja local. Este modelo retorna ao modelo da igreja primitiva onde a educação teológica e o desenvolvimento baseava-se na igreja local. Era assim que a igreja tinha força e vida e a liderança necessária e impactou o mundo em sua época.

Contato





Seu nome*

Seu e-mail*

Assunto*

Sua mensagem*

*Campo obrigatório